O processo de criação de uma empresa é trabalhoso. Envolve a criação de nome, logotipo, identidade visual, abertura de empresa, desenvolvimento de sistemas, estudo de mercado. Enfim, uma série de passos que são necessários desde à pequena até a grande empresa.

Em qualquer que seja o ramo, é fundamental pensar nesses passos de maneira responsável e com visão de futuro. Como você quer que sua marca seja lembrada? Qual a ideia que você quer passar com sua logomarca e identidade visual? Em alguns anos a sua marca continuará sendo usual ou perderá importância?

Após esse passo, muitos empreendedores se questionam sobre como fazer o registro dessa marca. Se engana quem pensa que apenas a criação do CNPJ é suficiente para fazer o registro da marca. No caso de uma marca de roupas, muda alguma coisa?

Para fazer o registro de uma marca de roupas, alguns pontos devem ser observados. O primeiro deles é avaliar qual será a atividade ou atividades da empresa. A marca será apenas para a comercialização de roupas, ou irá fazer a confecção das peças ou as duas atividades?

Como existem diversas classes no registro de marca, é indispensável ter atenção para que o cadastro errado não comprometa a proteção da marca.
Neste caso, a marca já precisa ter seu logotipo e nome definidos, no caso de registro de marca mista, ou somente o nome, caso o registro seja feito apenas na forma nominativa.

Marca de roupa tem alguma regulamentação específica? Quais são as dicas para quem quer registrar sua marca

Por que registrar minha marca de roupas no INPI?

O INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial, é o órgão federal responsável por esses registros no Brasil. Quando o titular recebe a concessão da marca, ela tem validade de 10 anos, podendo ser prorrogado por iguais períodos, sucessivamente.

Além disso, o INPI garante a proteção da marca contra cópia do nome no mesmo ramo de atuação em todo território nacional. Com o título, a marca passa a ter exclusividade e proteção contra a concorrência desleal. Também é dessa forma que a marca ganha mais força e credibilidade no mercado, além de ficar apta para ser franqueada, licenciada e até mesmo vendida pelo seu titular.

A CM Marcas atua no ramo de registro de marcas e patentes e auxilia fazendo toda a assessoria do processo, para que não haja erro e perda do investimento. Caso tenha dúvidas, fale com nossos especialistas e dê esse passo importante na proteção da sua marca.